Quarta-feira, 19 de Março de 2008

«Sintra é uma incursão num mundo de fadas»

Ana Maria Magalhães “Sintra é uma incursão num conto de fadas”
 

Ana Maria Magalhães
“Sintra é uma incursão num conto de fadas”

Uma das autoras dos livros “Uma Aventura...” diz que Sintra é para si uma incursão num conto de fadas. A caminho da 50ª “aventura”, Ana Maria Magalhães vem a Sintra, a 5 de Março, assistir ao que os alunos da EB 2/3 Prof. Agostinho da Silva prepararam para a sua recepção.

Ana Maria Magalhães nasceu em Lisboa a 14 de Abril de 1946, no seio de uma enorme família onde as crianças ocupavam o primeiro lugar. Os seus livros, que marcaram uma viragem na história da literatura infantil portuguesa, são eco de uma infância e juventude particularmente felizes e traduzem o seu enorme talento para comunicar com os mais novos.

Estreou-se como escritora de livros infanto-juvenis, em parceria com Isabel Alçada, em 1982. Como nasceu esta parceria?
Começámos a trabalhar juntas em 1976, como professoras na mesma escola. Dávamo-nos muito bem em termos profissionais e, simultaneamente, fomos criando uma grande amizade. Trabalhávamos e preparávamos as aulas em conjunto. Um dia, andávamos à procura de textos para os nossos alunos lerem e, como não encontrávamos nada que nos agradasse, ocorreu-nos escrever uma história. Os miúdos gostaram imenso e sentimo-nos encorajadas a continuar. Foi assim que começámos.



Comunga da ideia de que os jovens lêem muito menos do que aquilo que deviam?
É um mito! Na verdade, há muita gente jovem a ler e a prova disso é que há edições que não acabam mais. Hoje, lê-se muito mais do que há uns anos. No entanto, defendo que os estímulos ao livro e à leitura devem continuar.

Os seus livros marcaram uma viragem na história da literatura infantil portuguesa e reflectem a sua longa e rica experiência educativa. Considera que são eco de uma infância e juventude felizes?
Sem dúvida! Tanto eu como a Isabel Alçada, tivémos infâncias felizes e, também, por isso, contamos histórias felizes, que acabam sempre bem.
Não queremos sensibilizar para o sofrimento, muito pelo contrário. Entendo que haja histórias tristes, mas não escritas por mim.
 
Actualmente, muitas escolas proporcionam um contacto directo com escritores. Em Sintra, o projecto “Os Escritores vão à Escola” é, na sua opinião, incentivador do gosto pela leitura nos mais novos?
É um projecto muito meritório. Penso que todos temos de colaborar pela promoção do gosto pela leitura. E a Câmara de Sintra, nesse sentido, tem tido um papel muito activo. É de louvar todo este trabalho fantástico.
Ler é muito importante! Ajuda a estudar com mais facilidade, a trabalhar a memória e a estimular a capacidade intelectual.

Como caracteriza a sua relação com as crianças?
Sempre gostei muito de crianças. Há 39 anos que trabalho com elas. Temos uma relação carinhosa e amistosa. Uma relação que sempre se pautou pelo respeito. Respeito muito as crianças e exijo que me respeitem também. Só assim é possível ser-se professor.

Sintra já foi palco de “Uma Aventura...” por duas vezes. Qual a relação que tem com a Vila Património Mundial?
É verdade... “Uma aventura no bosque” e “Uma aventura no Palácio da Pena”.
Sintra é um lugar de eleição. É uma jóia que está mesmo aqui ao virar da esquina, bem perto de Lisboa. É um sítio maravilhoso, próprio, ideal para levar filhos e netos a passear.
Levei os meus filhos e alunos inúmeras vezes a Sintra, para visitarem o Castelo dos Mouros, o Palácio da Pena, o Palácio da Vila... são lugares que dão a ideia de que a qualquer momento aparece uma princesa. Uma verdadeira incursão num conto de fadas.
A título de curiosidade, o livro “Uma aventura no Palácio da Pena” foi um pedido expresso do director do monumento para que escrevêssemos uma história ali passada. Acedemos ao pedido e, depois de editado o livro, as visitas de estudo
ao Palácio da Pena triplicaram.

sinto-me: Carpe Diem
publicado por mileumpecados às 21:05
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 5 de Março de 2008

4º RALI - "As Camélias de Sintra"

  
4º RALI “AS CAMÉLIAS DE SINTRA”
A Associação Fernando Pessa do Automóvel Antigo, em parceria com a Câmara Municipal de Sintra, divulga em conferência de imprensa, dia 7 de Março no Palácio de Valenças, pelas 18h00 o programa e o percurso do histórico “Rali as Camélias de Sintra em Automóveis Antigos”.
 

 

A Câmara Municipal de Sintra e a Associação Fernando Pessa do Automóvel Antigo organizam o regresso deste tradicional Rali em Sintra, que se disputa a 14 e 15 de Março.

A prova pretende recuperar a tradição da Vila de Sintra como palco privilegiado para as provas automobilísticas, aliando a magia das estradas e das paisagens de Sintra a um conjunto de automóveis, com data de fabrico limitada até 1960 que, pela sua raridade e beleza, contribuirão para transformar esta prova numa referência em competições deste género.

“Rali as Camélias de Sintra” é um título que surge pelo facto destas flores serem características da Serra de Sintra que está classificada Parque Natural e, pela UNESCO, Património da Humanidade.


sinto-me: Carpe Diem
publicado por mileumpecados às 17:30
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 3 de Março de 2008

Prémios Literários de Sintra - Oliva Guerra (poesia) e Ruy Belo (obra poética publicada)

» CÂMARA PROMOVE PRÉMIOS LITERÁRIOS DE SINTRA

A Câmara Municipal de Sintra está a promover os Prémio Literários de Sintra – Oliva Guerra (poesia) e Ruy Belo (obra poética publicada). As obras concorrentes deverão ser entregues até ao próximo dia 11 de Abril.


O Prémio de Poesia Oliva Guerra está aberto a todos os autores nacionais. Os trabalhos terão de ser inéditos e com um mínimo de 50 páginas.

 

O Prémio Obra Poética Publicada Ruy Belo destina-se a galardoar bienalmente um livro de poesia publicado em primeira edição no biénio 2006/2007. Não são admitidas a concurso obras póstumas.

 

Em ambos os prémios não haverá atribuição ex aequo e terá um valor de cinco mil euros. As obras deverão ser enviadas por correio, devidamente registadas e com aviso de recepção, ao secretariado do Prémio Oliva Guerra ou Ruy Belo, Rua do Roseiral, nº 20, São Pedro de Penaferrim, 2710-501 Sintra.

 

Um júri constituído por um representante da Associação Portuguesa de Escritores, da Associação Portuguesa dos Críticos Literários e da Câmara Municipal de Sintra apreciará os originais.

 

Seguem em anexo as normas de participação dos Prémios Literários Oliva Guerra e Ruy Belo.

 

 

 

 

 PRÉMIO LITERÁRIO DE SINTRA – RUY BELO
OBRA POÉTICA PUBLICADA

Normas de Participação

Artº 1 - O Prémio Literário de Sintra Ruy Belo, na modalidade de Obra Poética Publicada está aberto a todos os autores nacionais, destinando-se a galardoar bienalmente um livro de poesia publicado em primeira edição no biénio anterior (2006-2007).

Artº 2 - As obras concorrentes, em número de cinco exemplares, deverão ser enviadas, devidamente registadas e com aviso de recepção, ao Secretariado do PRÉMIO LITERÁRIO DE SINTRA – RUY BELO, Rua do Roseiral, 20 São Pedro de Penaferrim - 2710-501 Sintra, até 11 de Abril de 2008.

Artº 3 - Não são admitidas a concurso obras póstumas.

Artº 4 - Um júri constituído por um representante da Associação Portuguesa de Escritores, Associação Portuguesa dos Críticos Literários e da Câmara Municipal de Sintra  apreciará os originais. Após homologação pela Câmara Municipal de Sintra, o responsável pelo Pelouro da Cultura dará conhecimento do resultado do concurso através dos meios normais de divulgação, nomeadamente com a publicação do anúncio dos  resultados nos mesmos órgãos de imprensa em que se publicarem estas Normas de Participação.
 § único - Não podem ser membros do Júri escritores com obras a concurso.

Artº 5 - Não haverá recurso das decisões do júri.

Artº 6 - O júri poderá não atribuir o Prémio, se considerar não existir obra merecedora da distinção.

Artº 7 - O Prémio não será divisível – não havendo, pois, lugar a atribuições ex aequo –, terá um valor pecuniário de CINCO MIL EUROS.

Artº 8 - A entrega do Prémio será feita em sessão pública, a decorrer em local e data a determinar pela Câmara Municipal de Sintra, após a divulgação pública da decisão do júri.

Artº 9 - As obras concorrentes não premiadas ficarão na posse da Câmara Municipal de Sintra, sendo incorporadas nos acervos bibliográficos das Bibliotecas Municipais do Concelho.

Artº 10 - As edições subsequentes da obra premiada deverão ostentar no frontispício ou na  folha de rosto o Prémio atribuído e a instituição promotora, da seguinte forma: PRÉMIO LITERÁRIO DE SINTRA – RUY BELO (ano) – Câmara Municipal de Sintra.

Artº 11 - Os casos omissos, não contemplados por estas Normas de Participação, serão  solucionados pelo júri.

Para mais informações contactar o Secretariado dos Prémios Literários de Sintra, Rua do Roseiral, 20, São Pedro de Penaferrim - 2710-501 Sintra. Tel. 21 9236109/20, Fax. 21 9236150 ou mail dphc@cm-sintra.pt
 

 

 


PRÉMIO LITERÁRIO DE SINTRA – OLIVA GUERRA
POESIA

Normas de Participação

Artº 1 - O Prémio Literário de Sintra Oliva Guerra, na modalidade de Poesia, está aberto a todos os autores nacionais.

Artº 2 - Os trabalhos apresentados a concurso terão de ser inéditos.

Artº 3 - Os trabalhos deverão ser apresentados: em texto processado por computador ou dactilografados a dois espaços, em folhas A4, em três exemplares, com um mínimo de 50 páginas.

Artº 4 - Os originais deverão ser enviados pelo correio, devidamente registados e com avisos de recepção, ao Secretariado do PRÉMIO LITERÁRIO DE SINTRA – OLIVA GUERRA, Rua do Roseiral, 20 – São Pedro de Penaferrim - 2710-501 Sintra, sob pseudónimo, até 11 de Abril de 2008.

Artº 5 - Juntamente com os originais, deverá ser enviado um sobrescrito fechado, contendo no interior os dados de identificação e de residência do concorrente e ostentando no exterior o pseudónimo escolhido.

Artº 6 - Um júri constituído por um representante da Associação Portuguesa de Escritores, da Associação Portuguesa dos Críticos Literários e da Câmara Municipal de Sintra apreciará os originais. Após homologação pela Câmara Municipal de Sintra, o responsável pelo Pelouro da Cultura dará conhecimento do resultado do concurso através dos meios normais de divulgação, nomeadamente com a publicação do anúncio dos resultados nos mesmos órgãos de imprensa em que se publicarem estas Normas de Participação.

Artº 7 - Não haverá recurso das decisões do júri.

Artº 8 - O júri poderá não atribuir o Prémio, se considerar não haver qualquer original merecedor dessa distinção, bem como atribuir menções honrosas, não vinculando, porém, a Câmara Municipal de Sintra à respectiva edição.

Artº 9 -  O Prémio não será divisível – não havendo, portanto, atribuição ex aequo – e terá um valor de CINCO MIL EUROS, montante que é entendido como pagamento dos direitos de autor relativos à edição da obra premiada.

Artº 10 - A Câmara Municipal de Sintra deterá os direitos para a primeira edição do trabalho galardoado, comprometendo-se a Edilidade a oferecer 50 exemplares ao Autor premiado.

Artº 11 - Após o anúncio oficial da atribuição do Prémio, o Autor deverá entregar o seu original em suporte informático, para fins de edição.


Artº 12 - A Câmara Municipal de Sintra prescindirá dos direitos que detém para a primeira edição do trabalho galardoado, após esta ter sido considerada esgotada ou terem decorridos dois anos sobre a apresentação pública do mesmo. Contudo, caso haja interesse da Edilidade e do Autor, poderá haver lugar a outras edições, mediante condições a determinar.

Artº 13 - A entrega do Prémio será feita em sessão pública, a decorrer em local e data a determinar pela Câmara Municipal de Sintra, após a divulgação pública da decisão do júri.

Artº 14 - A Câmara Municipal de Sintra não se obriga a devolver os originais concorrentes, não premiados, e caso estes não sejam levantados até dois meses após o anúncio público do Prémio, serão destruídos na presença de elementos do júri.

Artº 15 - Só será aberto o sobrescrito correspondente ao Autor premiado, devendo destruir-se os restantes na presença de elementos do júri, caso não sejam levantados no prazo estabelecido no Artº 14.

Artº 16 - No acto de levantamento dos originais não premiados, os autores deverão fazer prova de identidade, sendo na ocasião, e na sua presença, aberto o sobrescrito respectivo.

Artº 17 - Os casos omissos, não contemplados por estas Normas de Participação, serão solucionados pelo Júri.

Para mais informações contactar o Secretariado dos Prémios Literários de Sintra, Rua do Roseiral, 20 - São Pedro de Penaferrim - 2710-501 Sintra. Tel. 21 9236109/20, Fax. 21 9236150 ou mail dphc@cm-sintra.pt

sinto-me: Carpe Diem
música: "Henia" - SIGUR RÓS
publicado por mileumpecados às 12:06
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 28 de Fevereiro de 2008

II Curso de Sintra - "Idade Moderna"

Imprimir   
» II CURSO DE SINTRA – IDADE MODERNA

Inovação e qualidade reflexiva são os critérios que presidem ao II Curso de Sintra – Idade Moderna, que terá lugar no Palácio Valenças, de 27 de Março a 31 de Maio, reportando-se a uma época de florescimento cultural e de criação artística. As inscrições decorrem, de 10 a 25 de Março.


O II Curso de Sintra - Idade Moderna (Renascimento, Maneirismo e Barroco) vai retratar um dos mais significativos períodos da História da arte e da cultura sintrenses.

A Câmara de Sintra tem vindo a realizar o estudo, a classificação e a protecção do património que existe na área do município. Mas para a sua plena concretização há que realizar iniciativas que passam por uma divulgação pró-activa da diversidade do património existente, uma vez que são muitas as marcas que conferem a Sintra um simbolismo próprio.

Foram estas as questões equacionadas aquando da realização do I Curso de Sintra – Idade Média, no qual participaram prestigiados nomes do meio académico. Os mesmos critérios de inovação e qualidade reflexiva são o propósito do II Curso de Sintra – Idade Moderna.

O preço das inscrições é de 100 euros para o público em geral; de 75 euros para professores; e de 50 euros para estudantes, seniores, agentes e funcionários da Câmara Municipal de Sintra.

PROGRAMA DO II CURSO DE SINTRA – IDADE MODERNA


27 Março
18H30 – Professor Doutor João Alves Dias, "Haverá Rasgões no Espaço? Onde acaba a Medievalidade e começa a Modernidade em Portugal"


3 Abril
18H30 – Professor Doutor Vítor Serrão, "Quinta da Penha Verde"


10 Abril
18H30 – Professora Doutora Isabel Drumond Braga, "Inquisição e Cultura Matérial. Os Inventários de bens como fonte para o estudo do quotidiano"


17 Abril
18H30 – Professor Doutor Vítor dos Reis, "Os Mensageiros do Céu: o tecto da capela do Palácio de Queluz"


22 Abril
18H30 – Mestre Ana Duarte Rodrigues, "Os Jardins de Sintra nos séculos XVII e XVIII"


29 Abril
18H30 – Professor Doutor Pedro Flor, "A pintura no Renascimento em Portugal (1500-1550)"


8 Maio
18H30 – Professor Doutor Fernando Grilo, "Nicolau de Chanterenne em Sintra. O retábulo da Pena como obra-prima da escultura do Renascimento em Portugal"


15 Maio
18H30 – Professor Doutor Nuno Senos, "A Arquitectura portuguesa Chã antes e depois de George Kubler"


22 Maio
18H30 – Professor Doutor Carlos Moura, "O Convento dos Capuchos – Uma aproximação ao seu significado artístico"


29 Maio
18h30 – Professor Doutor Justino Mendes de Almeida, "Sintra em Camões"


31 Maio
16H00 – Lançamento da obra "Contributos para a História Medieval de Sintra – Actas do I Curso de Sintra". Cerimónia de encerramento e recital de música barroca

sinto-me: Carpe Diem
publicado por mileumpecados às 10:38
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 30 de Janeiro de 2008

Exposição de fotografia "AS ESTRELAS DA QUINTA" - Sintra

» “AS ESTRELAS DA QUINTA

O fotógrafo francês Thierry des Ouches traz a Sintra uma exposição composta por 52 magníficas fotografias, em tamanho gigante, de animais de quinta. Promovida pela Câmara de Sintra, esta mostra está patente de 1 de Fevereiro a 31 de Março, no Largo do Palácio da Vila.


São fotografias de grande impacto, não só pelo seu tamanho, mas igualmente pela notável qualidade estética que acarretam; pela multiplicidade das silhuetas, das cores e das formas que transportam; e pelos pormenores das vestes, das texturas, dos olhares que encerram.

Com o seu inigualável talento, Thierry des Ouches captou imagens de mais de 150 espécies no seu habitat natural, e estes extraordinários retratos, bem como, a sensação de um encontro "frente-a-frente", fazem-nos sentir toda a candura e frescura dos animais da quinta.

Vista por milhares de pessoas, a exposição já passou pelas mais famosas artérias de algumas das grandes cidades francesas, como Paris, Rouen, Dijon e Lyon.

A entrada é gratuita.

sinto-me: Carpe Diem
publicado por mileumpecados às 11:26
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 28 de Janeiro de 2008

Teatro na Quinta da Regaleira, "ESTÓRIAS ALUADAS"...para encantar...

“Estórias aluadas” pelo Teatro Tapafuros

 

 

Até 27 Abril

 
A Lua conta estórias. Sempre contou! Em noites de calor, quando dançam os pirilampos… Ou naquelas noites de cheiro a chuva, quando os gatos estão enroscados junto ao fogo de uma lareira… A Lua  gosta de segredar essas estórias, gosta de nos fazer sonhar, viajar por mundos nunca vistos. Se escutarmos com atenção, ouvimos uma canção que embala, que nos faz voar e rir! E viajamos para uma feira cheia de algodão doce e porquinhos de barro… Escutamos fadas a tilintar, escondidas em grutas que brilham! Descobrimos que as árvores falam e têm lições para nos ensinar… Dançamos com Columbina e comemos pão com Lua. Caminhamos pelas florestas e conversamos com as formigas, muito amigas…


Espaço TapaFuros
Centro Comercial Bela Vista,
Avenida Vitorino Nemésio nº24
2725-471 Mem Martins
Tel/fax. 21 921 21 17
Tlm. 91 217 88 78
91 905 34 76

 
Horário: Sáb 16h00, Dom 11h30

 
Bilhetes à venda: Quinta da Regaleira, Fnac, Bliss, Livrarias Bulhosa, Lojas Abreu

 www.ticketline.pt, www.plateia.iol.pt

 
Local do espectáculo: Quinta da Regaleira

 

sinto-me: Carpe Diem
publicado por mileumpecados às 17:18
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 9 de Janeiro de 2008

IV Prova da Taça de Portugal de Orientação em BTT

Imprimir   
» ORIENTAÇÃO NA SERRA DE SINTRA

A Câmara Municipal de Sintra e o Clube Português de Orientação e Corrida organiza a quarta prova da Taça de Portugal de Orientação em BTT, evento que decorre no fim-de-semana de 12 e 13 de Janeiro, na magnífica paisagem de Sintra.


Esta prova marca o regresso de Sintra como ponto de passagem para a Taça de Portugal (desde 1999 que Sintra não participava).

 

O mapa, suporte fundamental de qualquer evento de Orientação, está preparado à escala 1:20000 e baseia-se no antigo mapa de 1999 Cascais/Sintra, embora tenha sido actualizado, com a inclusão da Quinta de Vale de Cavalos, de Janes  onde se situa a sede do SIRJM (Sociedade de Instrução e Recreio de Janes e Malveira) locais que irão acolher os centros de evento de cada um dos dias de prova.

 

O evento não é apenas destinado à competição, irão também ser preparados percursos de iniciação, abertos a todos os interessados, sejam ou não federados.

12 Janeiro
09:00 - Abertura do secretariado (Quinta de Vale de Cavalos - Cascais)
11:00 - Distância Média - Partida dos primeiros participantes

13 Janeiro
08:00 - Abertura do secretariado (SIRJM - Janes)
09:00 - Distância Longa - Partida dos primeiros participantes
13:30 - Cerimónia de encerramento e entrega de prémios (SIRJM - Janes)

Para mais informações e inscrições:www.cpoc.pt

 

sinto-me: Carpe Diem
publicado por mileumpecados às 11:23
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 18 de Dezembro de 2007

Férias de Natal Cientificas para crianças

CENTRO CIÊNCIA VIVA: FÉRIAS DE NATAL CIENTÍFICAS



O Centro Ciência Viva de Sintra realiza nas semanas de 17 a 21 e de 26 a 28 de Dezembro, das 9h às 18:30, um ATL de Natal onde as crianças poderão aproveitar as suas férias para descobrir a Ciência de forma divertida.

Nestas duas semana serão dinamizadas actividades como decorar uma Árvore de Natal, fazer um Pai Natal cientifico, criar pega-monstros em laboratório, realizar um peddy-paper, entre tantas outras coisas, que envolvem Ciência, diversão e muita animação.

Com almoço e lanche incluídos, os preços, por criança, situam-se nos 150€ por semana, podendo ser possível optar por apenas um ou mais dias, sendo neste caso 30€/dia por criança.

Inscrições: Tel. 219 247 730

publicado por mileumpecados às 13:56
link do post | comentar | favorito
|

Levante-se do sofá e vá passear este Natal!

» MAIS DE 700 MIL LUZES ILUMINAM NATAL EM SINTRA

As iluminações de Natal enchem de luz o Centro Histórico e a Vila de Sintra. A 23 de Novembro, o Presidente da Câmara de Sintra, Fernando Seara, acendeu as cerca de 720 mil de luzes que enfeitam as ruas da vila. Até 7 de Janeiro, Sintra estará mágica.


O Largo do Palácio da Vila, bem no Centro Histórico, está "coroado" com uma enorme árvore de Natal, com 15 metros de altura, 6 metros de diâmetro, 4 toneladas, mais de 5 mil lâmpadas e flores de Natal.

A Câmara Municipal de Sintra fez questão de vestir a preceito a Vila Património Mundial para assinalar e comemorar o Natal, pretendendo que o espírito natalício invada todo o concelho. Desta forma, as freguesias de Santa Maria e São Miguel, São Martinho e São Pedro de Penaferrim estão iluminadas até ao próximo dia 7 de Janeiro, entre as 06h30 e as 09h00 e as 17h00 e a 01h00. Na véspera de Natal e Ano Novo, bem como nos referidos feriados, as iluminações manter-se-ão ligadas toda a noite.

Paços do Concelho, Museu de Arte Moderna, Centro Cultural Olga Cadaval, Palácio Valenças, Edifício do Turismo, Fonte Mourisca, Museu do Brinquedo, Quinta da Regaleira e Igreja de S. Pedro são alguns dos muitos edifícios iluminados.

Das artérias iluminadas destaque para a Av. Heliodoro Salgado, Estefânea, Largo Afonso Albuquerque, Volta do Duche, Largo Rainha D. Amélia, Praça da República, Rotunda do Ramalhão, Largo Chão de Meninos e Largo da Feira de S. Pedro.

De destacar, ainda, a utilização da tecnologia mais avançada em termos de iluminação, com a colocação de lâmpadas "led" (lighting emiting diodes), com um baixíssimo consumo, com uma durabilidade superior e com um intensidade de luz também muito superior.´

 

sinto-me: Carpe Diem
música: "Let it snow" - Michael Buble
publicado por mileumpecados às 13:44
link do post | comentar | favorito
|

Joaquim de Almeida e o " Óscar, o Camaleão"

» JOAQUIM DE ALMEIDA ESTREIA-SE NA LITERATURA

“Óscar, o Camaleão” marca a estreia no mundo da literatura do actor Joaquim de Almeida. A apresentação do livro infanto-juvenil, com autoria partilhada com John Frey, vai ser apresentado no próximo dia 20 de Dezembro, às 11H00, no Palácio Valenças, em Sintra.


O livro conta a história de um camaleão que, no fundo, representa a infância de Joaquim de Almeida, bem como a sua faceta de aluno indisciplinado e, um tanto ao quanto, mandrião.

Moral da história: não desesperem todos aqueles que se identifiquem com o camaleão traquina porque, na vida, há sempre algo que nos está destinado, missão que desempenharemos com mestria.

As ilustrações da obra são da autoria de João Ramos. A edição (Edições tê) tem o patrocínio da Câmara Municipal de Sintra.

sinto-me: Carpe Diem
publicado por mileumpecados às 13:37
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. «Sintra é uma incursão nu...

. 4º RALI - "As Camélias de...

. Prémios Literários de Sin...

. II Curso de Sintra - "Ida...

. Exposição de fotografia "...

. Teatro na Quinta da Regal...

. IV Prova da Taça de Portu...

. Férias de Natal Cientific...

. Levante-se do sofá e vá p...

. Joaquim de Almeida e o " ...

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Google Analytics

.Clicky

Clicky Web Analytics

.Chicklet Chooser

Add to Google Reader or Homepage

.woopra

blogs SAPO

.subscrever feeds