Terça-feira, 18 de Dezembro de 2007

Joaquim de Almeida e o " Óscar, o Camaleão"

» JOAQUIM DE ALMEIDA ESTREIA-SE NA LITERATURA

“Óscar, o Camaleão” marca a estreia no mundo da literatura do actor Joaquim de Almeida. A apresentação do livro infanto-juvenil, com autoria partilhada com John Frey, vai ser apresentado no próximo dia 20 de Dezembro, às 11H00, no Palácio Valenças, em Sintra.


O livro conta a história de um camaleão que, no fundo, representa a infância de Joaquim de Almeida, bem como a sua faceta de aluno indisciplinado e, um tanto ao quanto, mandrião.

Moral da história: não desesperem todos aqueles que se identifiquem com o camaleão traquina porque, na vida, há sempre algo que nos está destinado, missão que desempenharemos com mestria.

As ilustrações da obra são da autoria de João Ramos. A edição (Edições tê) tem o patrocínio da Câmara Municipal de Sintra.

sinto-me: Carpe Diem
publicado por mileumpecados às 13:37
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 13 de Novembro de 2007

"A OUTRA MARGEM"

 

"A OUTRA MARGEM"

 

Género: Drama

 

Um filme de: Luis Filipe Rocha

(Realizador de "Barronhos-Quem tem medo do poder popular?", "A Passagem da Noite" e "Adeus Pai")

 

                                       Protagonistas: Filipe Duarte, Maria D'Aires, Sara Graça, Tomás Almeida, Horácio Manuel, Eduardo Silva, João Pedro Vaz, Pompeu José, Teresa Faria, João Tempera, Fernando Santos, Luís Viegas, Francisco Brás, André Branco, Paula Sabino, Gil Alves e Crinabel Teatro.

 

ESTREIA, dia 25 de Outubro, nas salas de cinema Portuguesas.

 

"A Outra Margem" foi apresentado no Festival de Montreal onde Filipe Duarte e Tomás Almeida foram distinguidos ex-aequo com o prémio de melhor actor pelas suas interpretações.

 

 

«A Homossexualidade e a Síndrome de Down são, ainda hoje, estigmas que exilam seres humanos para A Outra Margem da vida.

A moral tradicional na mentalidade dominante é, ainda hoje, causa incontronável de exclusão e afastamento. Iluminar e exibir a humana normalidade dos "anormais" é confrontar os "normais" com a sua própria e intima "anormalidade".

É propor uma ponte de compreeensão entre as duas margens.»

 

   

 

                                           Sinopse de A Outra Margem

 

Ricardo (Filipe Duarte) é um travesti que perdeu o gosto pela vida depois da morte do namorado. É então confrontado com a alegria de viver de Vasco (Tomás Almeida), o seu sobrinho, um adolescente com Síndrome de Down, que conhece quando regressa à cidade natal que abandonou há anos.

 

 

 

 

Como surge no trailer, a respeito da prestação deste filme no Festival de Cinema do Mundo de Montreal, ... a emoção veio de Portugal!...

 

 

Numa escala de 0-10: 8

sinto-me: Carpe Diem
música: Música original de Pedro Teixeira Silva
publicado por mileumpecados às 18:33
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. Joaquim de Almeida e o " ...

. "A OUTRA MARGEM"

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds