Quarta-feira, 19 de Março de 2008

Cataratas Victória ... "A piscina do diabo"

 

No Zimbabué encontram-se as magníficas Cataratas Victória, uma queda de 128 metros de altura. O lugar é conhecido, e não sem razão, pelo sugestivo nome de "A Piscina do Diabo" por ser possível se banhar, sem um grande risco aparente, nas proximidades da queda, graças a uma estiagem que acontece entre os meses de Setembro a Dezembro.

Cada vez mais procurada por turistas interessados em lugares exóticos e emocionantes, as Cataras Victória têm-se tornado uma experiência única em turismo radical..

 

 

sinto-me: Carpe Diem
publicado por mileumpecados às 20:52
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 7 de Março de 2008

Ana Malhoa...erotismo ou ponografia?!

 

 

Fotos de Ana Malhoa...erotismo ou ponografia?!

A linha que separe o erotismo da ponografia é muito ténue!

Mas com um frases aliadas às fotos do tipo: «I'll always be your exotica fantasY» insinua e leva a quê?...

Enfim...quando não se consegue chegar ao pico só com um talento há que explorar todos os outros que se tem.

Não vejo onde está a necessidade de tanta exposição corporal para se ser uma boa cantora, no entanto, todos os caminhos são legítimos mas ....depois não há como se queixarem por serem vistos mediáticamente, única e exclusivamente como "um naco de carne", em vez de o serem pela excelência da voz, da música ou do espectáculo em palco!

publicado por mileumpecados às 14:06
link do post | comentar | ver comentários (18) | favorito
Terça-feira, 4 de Março de 2008

Cobertura para bolos...Glacé de chocolate

 
GLACÉ DE CHOCOLATE
  

 Ingredientes

  • 125 gr de chocolate amargo
  • 100 gr de açúcar em pó
  • 60 gr de margarina
  • 3 a 4 colheres (sopa) de água

Parta em bocadinhos o chocolate.

 

Leve a derreter em banho-maria com água muito quente, sem deixar ferver.

 

Adicione o açúcar, aos poucos e poucos e misture muito bem.

 

À parte, bata em creme a margarina e misture-a aos poucos ao chocolate.

 

Adicione 3 a 4 colheres de sopa de água fria e ligue tudo muito bem.

 

     

 

Utilize o glacé ainda morno.

Por exemplo para barrar bolos ou para mergulhar pequenos bolinhos ou bolachas.

 

  

 

 

 

 

 

 

TRUQUES e DICAS:

 

  • FOLHAS DE CHOCOLATE - Lave e enxugue muito bem folhas naturais, por exemplo, de azevinho. Pincele a parte inferior com chocolate derretido. Deixe secar no frigorífico. Quando o chocolate estiver duro, separe cuidadosamente asfolhas verdadeiras das folhas de chocolate, com a ajuda da ponta de uma faca.

 

  • CANUDOS / RASPAS DE CHOCOLATE - Sobre uma tábua de plástico, ou sobre a pedra da mesa, espalhe o chocolate, ainda líquido numa camada com a espessura de 0,5 cm. Deixe endurecer. Em seguida, raspe o chocolate, com a ajuda de uma espátula larga de metal, formando canudos.

    

 

  

 

 

 

sinto-me: Carpe Diem
publicado por mileumpecados às 11:40
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Segunda-feira, 25 de Fevereiro de 2008

História verdadeira - Após o Tornado "Katrina"

 

 Simplesmente maravilhoso!!

 

  

                             HISTÓRIA VERDADEIRA  - APÓS O TORNADO


A história começa quando os voluntários  encontraram este pobre cão a quem deram o nome de Ralphie




Ralphie, assustado e esfomeado, juntou-se aos seus salvadores



 
Pensávamos que nada sobreviveria após isto...

mas estávamos enganados




Esta pequena "senhorita" também sobreviveu à desgraça




Aqui está ela já acomodada no carro - assustada, mas segura.



e eles... eles já não estão sozinhos




Ficam amigos instantaneamente, confortam-se um ao outro no carro





após adicionar aos dois cães, mais dois beagles encontrados,  vem também este gato !


 

E agora então, um novo viajante para juntar à turma...
(nota: o gato entra directo para o banco traseiro, como que necessitando aconchego...)
e agora, como é que isto vai funcionar??? Cães e o gato juntos???

 (e lembrem-se : eles são todos estranhos uns aos outros)


 




Uau! As coisas que nós aprendemos com estes nossos amigos...
Se a humanidade pudesse aprender lições tão valiosas como esta.

Lições de amizade instantânea - de paz e solidariedade.

De harmonia pela via do respeito mútuo, sem olhar a cor, raça ou religião! 

Estes bichinhos nos dizem: "o que interessa é que estamos vivos e não estamos sós".

Sim, é com certeza isso!

Por isso... vive, ama, ri.

 

Temos muito ainda que aprender com os animais…ainda que muito pseudo-humanos digam os animais são irracionais.

Comparando estas fotos com outras de cenários de guerra, fome, etc, faz-nos pensar qual dos animais é irracional? O bicho Homem ou o bicho Animal?

 

sinto-me: Carpe Diem
publicado por mileumpecados às 11:09
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 28 de Dezembro de 2007

REVEILLON 2 ...

 

  

 

sinto-me: Carpe Diem
publicado por mileumpecados às 14:29
link do post | comentar | favorito

Reveillon....

  

 

 

sinto-me: Carpe Diem-Feliz Ano Novo 2008
música: "American Pie Theme Song" - Blink 182
publicado por mileumpecados às 14:25
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 20 de Dezembro de 2007

AZEVIAS, receitas para um doce Natal...

 

 

"Azevias"

 

Ingredientes

           Massa:

  • 500 gr de farinha
  • 3 a 4 colheres (sopa) de banha (ou margarina, se preferir)
  • 1 cálice de aguardente
  • 1 pitada de sal
  • água q.b.

           Recheio de grão:

  • 1 Kg de grão 
  • 750 gr de açúcar
  • raspa de 2 limões pequenos
  • 1 colher (sobremesa) de canela em pó
  • 3 gemas de ovos 
  • 2 dl de água

 

Confecção do recheio:

Coze-se o grão com uma pitada de sal, pela-se e esmaga-se até fazer puré.

 

Entretanto, leva-se o açúcar ao lume com a água e deixa-se ferver durante 2 minutos.

 

Junta-se o puré do grão, a canela e a raspa dos limões.

 

Deixa-se ferver, mexendo sempre até fazer "ponto estrada", ou seja, até se ver o fundo do tacho.

 

Retira-se do lume e fica a arrefecer um pouco.

 

Por último, juntam-se as gemas dos ovos, mexendo sempre de forma a envolver tudo muito bem e leva-se o preparado novamente ao lume para cozer as gemas.

 

Se possivel, faz-se o recheio no dia anterior ao da feitura das azevias para "ganhar" mais gosto.

 

 

Confecção da massa e finalização das Azevias:

 

Coloca-se a farinha numa tigela ou na mesa e faz-se uma cova ao centro onde se deita a banha derretida e quente. Mistura-se.

 

Adiciona-se a aguardente e vai-se amassando juntando aos poucos e poucos pinguinhas de água morna previamente temperada com sal.

 

Sova-se bem a massa.

 

Fica a repousar durante 15 minutos aproximadamente.

 

Estende-se a massa com o rolo o mais fina possivel, e recheia-se com o preparado do grão feito anteriormente. Cortam-se com a forma de meias luas, como os rissóis, com a boca de uma chávena, uma faca ou, melhor ainda, com uma carretilha (ficam mais bonitas com o efeito rendilhado da carretilha).

 

Fritam-se em azeite (como se fazia antigamente) ou em óleo bem quente.

 

Polvilham-se com açúcar ou mistura de canela e açúcar.

 

 

 

Dica:

 

Em vez das Azevias com recheio de grão, pode fazê-las com recheio de batata doce, típico da região de Aljezur (que é a terra da batata doce).

A receita processa-se de igual forma da descrita anteriormente com a única diferença da substituição do puré do grão por puré de batata doce.

Truque:

Para que as Azevias fiquem ainda mais apetitosas, podemos alterar a receita e adicionar amêndoa ralada, nas seguintes proporções: 750 gr de grão ou batata doce + 250 gr de amêndoas peladas e raladas.

 

 

sinto-me: Carpe Diem
música: Christmas songs-Jingle Bells-Yello
publicado por mileumpecados às 19:12
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 18 de Dezembro de 2007

ORELHAS DE AMIGOS, receitas para um doce Natal...

 

"Orelhas de Amigos"

 

Ingredientes

  • 500 gr de farinha 
  • 1,5 dl de água
  • Raspa e sumo de meia laranja
  • 4 gemas de ovos 
  • 1 pitada de sal
  • 150 gr de açúcar
  • Açúcar em pó para polvilhar

Num recipiente, deite metade da água, o sumo e a raspa da laranja, as gemas, o sal e o açúcar e bata tudo muito bem.

 

Coloque a farinha sobre a mesa, abra-lhe uma cavidade ao centro, deite nela o preparado anterior e começe a amassar, procurando envolver tudo, a pouco e pouco; se necessário, vá acrescentando a água restante, de modo a obter uma massa bem segura mas capaz de ser estendida com o rolo.

 

Por fim, bata bem a massa, faça uma bola, cubra-a com um pano ligeiramente humedecido e deixe-a descansar 1 hora, em lugar fresco.

 

Depois, separe pequenas porções de massa, sobre a mesa, estenda-as com o rolo e vá fazendo pressão até ficarem com sensivelmente 2 milímetros de espessura.

Se ao estender a massa esta se pegar ao rolo ou à mesa, polvilhe com um pouco de farinha, mas só a indispensável.

 

Recorte as "orelhas" com uma faca ou, melhor ainda, com uma carretilha e faça-lhes duas incisões a meio (caso queira que fiquem com buracos).

Pode recorta umas "orelhas" maiores e outras mais pequenas - serão as do Avô, do Pai, do Filho, do Tio, etc...)

 

Enquanto estende e recorta "orelhas", ponha o óleo a aquecer, quando estiver bem quente vá deitando as "orelhas" já recortadas.

 

Depois de bem lourinhas, retire-as com uma escumadeira, polvilhe-as (a gosto) com açúcar em pó.

 

 No fim, vai ver que vão ficar uma delícia!

 

Dica: Guarde as claras dentro de um frasco de vidro (melhor do que em recipientes de plástico) no frigorifico, para depois fazer farófias ou para qualquer outra utilização.

 

sinto-me: Carpe Diem
música: "The Christmas Song" Michael Buble
publicado por mileumpecados às 13:06
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 21 de Novembro de 2007

E por último...sendo sempre a nossa 1ª FILHOTA DE 4 PATAS LUNA!

" class="ljvideo"> 
sinto-me: Carpe Diem
publicado por mileumpecados às 11:13
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 7 de Novembro de 2007

ALMA...

 

«Lar é onde se acende o lume e se partilha mesa e

onde se dorme à noite o sono da infância.

 

Lar é onde se encontra a luz acesa quando se chega tarde.

 

Lar é onde os pequenos ruídos nos confortam: um estalar de madeiras,

um rangre dos degraus, um sussurrar de cortinas.

 

Lar é onde não se discute a posição dos quadros, como se eles ali

estivessem desde o princípio dos tempos.

 

Lar é onde a ponta desfiada do tapete, a mancha de humidade do tecto,

o pequeno defeito no caixilho, são imutáveis como uma assinatura

conhecida.

 

Lar é onde os objectos têm vida própria e as paredes nos contam

histórias.

 

Lar é onde cheira a bolos, a canela, a caramelo.

 

Lar é onde nos amam.

 

 

Rosa Lobato de Faria em "O Sétimo Véu"

 

 

 

 

sinto-me: Carpe Diem
música: "SAUDADES" - Sétima Legião (Mar D'Outubro)
publicado por mileumpecados às 18:12
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. Cataratas Victória ... "A...

. Ana Malhoa...erotismo ou ...

. Cobertura para bolos...Gl...

. História verdadeira - Apó...

. REVEILLON 2 ...

. Reveillon....

. AZEVIAS, receitas para um...

. ORELHAS DE AMIGOS, receit...

. E por último...sendo semp...

. ALMA...

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds